29 de fevereiro de 2012

Diferenças Que Fazem a Diferença



No passado recente, Manuel Cajuda treinou o V. Guimarães durante mais de duas épocas. Durante todo esse tempo residiu em Braga por onde passeou livremente e sem qualquer ameaça à sua integridade física, sendo, inclusivamente, acarinhado pelos adeptos do Braga. É com muita tristeza que nos chega a notícia de que nos fóruns do clube rival, várias ameaças são feitas contra a integridade física de Custódio, havendo mesmo notícias que referem a vandalização da sua casa. Único motivo: marcou-lhes um golo. As autoridades, tão solícitas a censurar uma coreografia perfeitamente legal em Braga, não vão investigar as ameaças que se lêem em fóruns do clube vizinho?

Capas Que Fascinam...

Braga vs Guimarães

A capa deste pasquim de Guimarães tem entrada directa no anedotário nacional. Em baixo o vídeo com a jogada da expulsão. Podem conferir com os vossos próprios olhos a agressão de Freire a Helder Barbosa.

28 de fevereiro de 2012

Quatro Fotografias

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

PSP Utiliza Censura Típica do Fascismo?

A claque dos Bracara Legion veio hoje a público denunciar uma atitude de censura por parte da PSP-Braga ao impedir a realização de uma coereografia no início da partida entre o Braga e os vizinhos do V. Guimarães. Como pode comprovar-se pela imagem no link, a coereografia censurada não utiliza qualquer linguagem imprópria nem faz qualquer apelo à violência, procurando apenas fazer sobressair a carreira brilhante do Braga ao longo dos últimos anos. Aguardam-se esclarecimentos por parte da PSP e espera-se que o senhor Ministro Relvas, tão solicito a defender o Futebol Clube do Porto, tenha agora uma palavra sobre este acto de censura típico de um país fascista que nos querem fazer acreditar não sermos.

Adeptos do V. Guimarães Espalham Violência



Depois uma lição de fair play dada pelos adeptos bracarenses no Estádio Axa, os adeptos do clube vizinho, que tinham acabado de ser humilhados, espalharam violência pela capital do Minho. Segundo testemunhos de populares, dois autocarros com adeptos do V. Guimarães colidiram na circular de Braga, junto ao Minho Center, obrigando à paragem da coluna vimaranense (composta por apenas 3 autocarros) e à saída de alguns adeptos para o exterior. Esses mesmo adeptos, do clube vizinho, apredejaram de forma selvática todos quantos passavam na circular, obrigando à intervenção das forças de autoridade. Lamenta-se.

Braga 4 - V. Guimarães 0: Guerreiros Dão Show de Bola

Braga vs Guimarães Não há adepto que goste de futebol que possa lamentar um único cêntimo pago para assistir ao último dérbi do Minho. Perante um adversário altamente moralizado e no seu melhor momento de forma, o Braga rubricou uma exibição de luxo que ficará na memória de todos. Ainda o jogo mal tinha começado, já a classe de Hugo Viana sobressaia quando, aos 4 minutos de jogo, coloca a bola milimetricamente na cabeça de Elderson que, diante de um Nilson adiantado, inaugurou o marcador. Quinze minutos volvidos e a história volta a repetir-se, desta feita com o mesmo magistral Hugo Viana a colocar na cabeça de Custódio que cabeiceia para o 2-0, sentenciando um jogo em que parecia não haver Vitória para tanta classe do Braga.

Perante o caudal ofensivo do Braga, os jogadores da equipa adversária não tinham outra solução senão recorrer às faltas (tantas vezes ignoradas pelo lisboeta que estava com o apito). Mas a agressão de Leandro Freire, por ser tão descarada, não podia passar impune. Depois de pisar o português Hélder Barbosa no peito, o jogador vimaranense recebeu ordem de expulsão, deixando o V. Guimarães a jogar com 10. A partir daqui não se pense que o V. Guimarães baixou os braços. Porque não baixou. Os vizinhos estacionaram o autocarro, foram queimando tempo como podiam e tentando a sua sorte em jogadas de contra-ataque prontamente travados pelos defesas arsenalistas.

O V. Guimarães foi resistindo estoicamente a um autêntico show de bola dos bracarenses até que, aos 77 minutos, N'Diaye carrega Helder Barbosa na área. Lima converte a grande penalidade e ascende ao topo da lista de melhores marcadores da Liga. Euforia total no Estádio Axa com os adeptos a fazerem a festa nas bancadas, galvanizados por uma exibição de luxo da sua equipa, e brindarem os visitantes com efusivos "olés". Mas a história do jogo ainda não termina aqui. O Braga continua a carregar e Ukra volta a marcar ao Vitória, fechando o resultado num contundente 4-0. Foram quatro mas podiam ter sido cinco, seis ou sete não fosse a estrelinha proteger o Vitória de uma humilhação ainda maior.

27 de fevereiro de 2012

S.C.Braga "arrasa" no Campeonato Regional de Infantis. 26 Campeões Regionais e 58 classificações nos 3 primeiros lugares do pódio.



O Sporting Clube de Braga foi o clube com mais campeões regionais e mais classificações nos 3 primeiros lugares do pódio no Campeonato Regional de Infantis da época 2011/2012, organizado pela Associação de Natação do Minho, disputado no passado fim-de-semana (24, 25 e 26 de Fevereiro de 2012), na Piscina Municipal de Ponte da Barca e que contou com a presença de 77 atletas em representação de 7 clubes da Associação de Natação do Minho.

Os nadadores do S.C.Braga mostraram-se ao seu melhor nível para defender as cores arsenalistas. Assim, os 26 novos campeões regionais do S.C.Braga são: José Pedro Fernandes aos 100m, 200m, 400m e 1500m livres e 200m estilos em Infantil B; João Francisco Lopes aos 400m livres, 100m e 200m mariposa em Infantil A; Luís Filipe Ribeiro aos 1500m livres e 400m estilos em Infantil A; Mário Jorge Veloso aos 100m e 200m bruços em Infantil A; Nuno Miguel Coto aos 100m e 200m bruços, 100m e 200m mariposa e 400m estilos em Infantil B; Tamila Hryhorivna Holub aos 400m e 800m livres em Infantil A; Catarina Reis Silva aos 200m mariposa em Infantil A; estafeta masculina Infantil A e B aos 4x100m livres, 4x200m livres e 4x100m estilos.

Os seguintes “guerreiros arsenalistas” alcançaram classificações entre os 3 primeiros lugares do pódio nas provas do programa: João Lopes em 2º lugar aos 100m livres e 100m costas em Infantil A; José Mendes em 2º lugar aos 100m e 200m livres e 200m estilos, em 3º lugar aos 400m e 1500m livres em Infantil B; José Pinto em 2º lugar aos 400m livres e 200m bruços, em 3º lugar aos 200m mariposa em Infantil A; Gonçalo Teixeira em 2º lugar aos 1500m livres e 200m costas em Infantil B; José Melo em 2º lugar aos 200m bruços e em 3º lugar aos 200m livres e estilos em Infantil B; Luís Ribeiro em 2º lugar aos 200m mariposa em Infantil A; Mário Veloso em 2º lugar aos 400m estilos em Infantil A; Tamila Holub em 2º lugar aos 200m livres e em 3º lugar aos 100m livres em Infantil A; Maria Silva em 2º lugar aos 400m e 800m livres em Infantil B; Catarina Silva em 2º lugar aos 100m mariposa e em 3º lugar aos 200m costas em Infantil A; Louis Caillé em 3º lugar aos 1500m livres em Infantil A; Filipa Manso em 3º lugar aos 400m livres em Infantil B; Ana Camarinha em 3º lugar aos 200m bruços em Infantil B; estafeta feminina Infantil B em 2º lugar aos 4x100m livres, 4x200m livres e 4x100m estilos; estafeta feminina Infantil A em 3º lugar aos 4x100m livres, 4x200m livres e 4x100m estilos.

Importa referir que os atletas do S.C.Braga, José Fernandes e Nuno Coto, lideraram a tabela dos atletas multi-medalhados com oito ouros cada um, seguidos pelo atleta João Lopes com seis ouros e  duas pratas. A melhor performance por pontos foi conseguida em femininos por Tamila Holub na prova dos 800m livres e em masculinos por João Lopes na prova dos 400m livres.

De salientar ainda que, foram alcançados mais mínimos de participação no Torneio Zonal aumentando assim a comitiva que representará o S.C.Braga em Vila Meã para 11 nadadores. Foram ainda alcançados mais de 80% de recordes pessoais em 105 provas nadadas pelo S.C.Braga, o que dignifica o clube e o empenho diário de todos estes atletas no treino.

26 de fevereiro de 2012

Problemas de Memória em Guimarães?

Os dirigentes e adeptos do V. Guimarães têm feito um conjunto de declarações incendiárias em que questionam o preço dos bilhetes para o dérbi de amanhã. Curiosamente, os preços para a partida da Liga são inferiores aos praticados no jogo da primeira volta realizado naquela cidade.

Recordamos os mais esquecidos que, no último jogo, o V. Guimarães disponibilizou bilhetes cujo preço variava entre 22 e 75€, com IVA a 6%. Para a partida de amanhã, o Braga disponibiliza bilhetes que variam entre 25 e 75€, o que representa uma descida real do valor cobrado pelo Braga. Se há alguém contra quem os adeptos do V. Guimarães devem protestar é contra Pedro Passos Coelho que fez aumentar o IVA para os jogos de futebol de 6 para 23%, inflacionando os valores que os amantes do futebol têm que pagar para assistir a um jogo da sua equipa. Mas, a propósito disto, alguém se lembra dos dirigentes e adeptos do V. Guimarães terem prostestado os preços dos bilhetes no jogo da primeira volta?

Cerimónia de Abertura: Braga 2012, Capital Europeia da Juventude

A Antevisão do Dérbi do Minho

O jornal ComUM online publicou ontem um trabalho do jornalista João Lobo Monteiro que reúne contributos de bracarenses e vimaranenses para uma antevisão alargada do próximo jogo do Sporting de Braga. A ler aqui.

23 de fevereiro de 2012

Besiktas 0 - Braga 1: Que Grande Injustiça

O Braga foi a Istambul vencer o Besiktas por 1-0, acabando eliminado da Liga Europa num resultado agregado de 2-1. A eliminatória fica marcada pela determinante e injusta expulsão de Hélder Barbosa na primeira mão. Apesar da derrota, o Braga foi a Istambul disputar a eliminatória chegando ao golo por intermédio de Lima aos 25 minutos de jogo. A partida foi completamente dominada pelo Sporting de Braga que foi desperdiçando muitas oportunidades de golo. Do Besiktas apenas uma caricatura com muito anti-jogo. O Braga caiu na Liga Europa, mas todos os adeptos têm que estar muito orgulhosos desta grande equipa que Leonardo Jardim montou.

As Cidades da Europa: Istambul

Istanbul-Galata Bridge

A troika está em crise (excerto do artigo DM hoje publicado)


(…)
Com uma equipa que sofreu uma sangria considerável no final da época passada, com um orçamento muito inferior a qualquer dos membros da troika, o SC de Braga começa a mostrar as garras ao Porto e ao Benfica. Será possível termos ainda nesta época um SC de Braga candidato ao título? Pessoalmente penso que teremos tantas mais hipóteses de conseguir chegar lá acima quanto menos assumirmos essa meta.
Os erros dos outros não devem nunca ser motivo da nossa satisfação mas devem fazer-nos refletir, de forma a não os imitarmos. Estou convencido que o maior erro do Sporting, a maior causa da atual crise dos leões foi a convicção, assumida e divulgada, de que a equipa iria ganhar tudo o que estava em jogo. Colocou-se a fasquia demasiado alta e sobrevalorizaram-se os craques da cartola mágica do Carlos Freitas. Nem aqueles jogadores eram super-atletas como muitos adeptos sportinguistas acreditaram nem a magia de Carlos Freitas chega para construir uma equipa campeã. Por isso nós, bracarenses, devemos sempre cultivar esta imagem de modéstia, de humildade, de quem sobe com pezinhos de lã.
Por outro lado, tudo se modificará quando “o sistema” olhar para nós como candidatos. (…) E é bom que estejamos preparados para isso. Infelizmente, receio que as próximas jornadas possam trazer ao Braga surpresas desagradáveis por parte das equipas de arbitragem. O SC de Braga, felizmente, já não é o “Braguinha”, a equipazinha subsidiária do Benfica que era há algumas décadas. É um clube com uma estrutura capaz de fazer mossa na troika. Por isso convém estar preparado para as tempestades que gostávamos de ver agora na meteorologia mas que receio venham antes de alguns campos de futebol.

21 de fevereiro de 2012

Juniores - Braga 4 - V. Guimarães 0

O Sporting de Braga recebeu e venceu o Vitória de Guimarães por 4-0 em jogo disputado esta tarde no Estádio Primeiro de Maio, em Braga. Com este resultado, os bracarenses ocupam a primeira posição da pool de apuramento do campeão nacional de juniores.

Pressão Ilegítima Sobre a Arbitragem

Depois da histeria do início do campeonato, o Sporting de Lisboa prossegue a sua política de pressão ilegítima sobre a arbitragem, procurando assim disfarçar as exibições medíocres da sua equipa e condicionar o trabalho dos árbitros nas suas partidas. É tempo de travar estas jogadas que não dignificam o futebol português e eternizam situações de constante favorecimento aos três clubes chamados grandes.

19 de fevereiro de 2012

Juniores: SC Braga Vence FC Porto (1-2)

A equipa de juniores do Sporting Clube de Braga foi ao Complexo do Olival vencer o Futebol Clube do Porto por 2-1, num jogo em que os bracarenses estiveram a vencer por 2-0 (golos de Alan) e que fica marcado pela expulsão de Salvador, corolário de uma má exibição da equipa de arbitragem. Com este resultados, os bracarenses lideram o Campeonato Nacional de Juniores em igualdade pontual com o Benfica.

Na próxima terça-feira, dia de Carnaval (21/02), o Braga recebe o V. Guimarães num jogo que será disputado no Campo da Ponte, às 15h. Vamos apoiar os nossos jovens!

Super Campeões

O SC Braga é o campeão dos campeões ao conquistar 6 Ouros, 2 Pratas e 1 Bronze, dominando por completo o Nacional Absoluto de Taekwondo.

Em 31 combates disputados o SC Braga alcançou 26 vitórias, fazendo dos Gverreiros o clube com maior número de títulos conquistados no escalão máximo da modalidade.


A equipa feminina fez o pleno, duas atletas, duas medalhas de ouro, apesar da ausência por doença da Gverreira Karina Reis.
Já no sector masculino 50% dos títulos possíveis (8) foram conquistados por atletas do SCBraga, apesar de representados em apenas seis categorias.
Em três categorias possíveis, duas finais, foram disputadas, entre Gverreiros, aconteceu na categoria -74Kg, entre Júlio Ferreira e Miguel Rodrigues e na categoria de -80Kg entre Michel Fernandes e Tiago Barata.
O aproveitamento fantástico do SC Braga nesta competição é, uma vez mais, o reflexo do trabalho e do empenho diário deste grupo e desta secção que não se cansa de vencer.
No balanço final do Nacional Absoluto, e olhando para a aritmética simples dos números conquistados, apenas se consegue concluir que já não é surpresa tal domínio.
Os frutos que se retiram do trabalho traduzem-se numa série de curiosidades:

- Michel Fernandes, conquistou o seu 11º título, não perde em Portugal desde a época 2006/07.
- Ana Coelho, conquistou o seu 8º Titulo, tricampeã no escalão absoluto, na categoria -49Kg
- José Rodrigues, conquistou o seu 8º Titulo, bi campeão nacional absoluto na categoria -87Kg
- Mário Silva, conquistou o seu 6º Titulo, tricampeão no escalão absoluto, na categoria -63Kg
- Júlio Ferreira, conquistou o seu 3º Titulo, 1 por escalão, júnior, sub21 e absoluto.
- Célia Sequeira, conquistou o seu 1º Titulo em ano de estreia.
- Tiago Barata, vice campeão nacional em ano de estreia no escalão absoluto.
- Miguel Rodrigues, vice campeão nacional, detentor de 4 títulos, 1 por escalão, júnior, sub21, absoluto e universitário.
- Pedro Barbosa, medalha de bronze em ano de estreia no escalão absoluto.

Campeões Nacionais:
-49Kg Ana Coelho
-53Kg Célia Sequeira
-63Kg Mário Silva
-74Kg Júlio Ferreira
-80Kg Michel Fernandes
-87Kg José Rodrigues

Vice Campeões Nacionais
-74Kg Miguel Rodrigues
-80Kg Tiago Barata

Medalha de Bronze
- 68Kg Pedro Barbosa

No fim fica a promessa de que esta competição e esta conquista não é o fim de um esforço, mas antes apenas uma etapa para chegar mais longe.
O SC Braga não foi, nesta competição o único nome a elevar o nome da região ao expoente máximo. A Associação Distrital de Braga, conquistou por equipas o 1º Lugar em masculinos e o 3º Lugar em femininos, resultantes das prestações individuais alcançados pelos atletas do SC Braga e do ABC.

Notícia do site oficial do Sporting Clube de Braga

A Importância de Haver um Braga

Em Portugal, o cenário (até no quadro de negociações de direitos televisivos) não anda longe disto. De três grandes, passámos só a dois. Felizmente, há um médio a crescer sustentadamente. Até há pouco tempo, podia dizer-se que o que futebol português precisava era de mais “Sportings”, não de outros “Bragas”. Precisava de mais equipas capazes de lutar pelos melhores lugares, actores de bom nível, não apenas figurantes competentes. Entretanto, os leões entraram em implosão. E o Braga impõe-se, cada vez mais, como a terceira força do futebol português. O nosso campeonato precisa agora é de mais “Bragas”. Mas ter um já se revela de importância fulcral. (Público)
Mais do que uma leitura correcta do momento actual do futebol português, Luís Francisco alerta, no Público, para os perigos da bipolarização do futebol português com consequente acentuar das desigualdades entre "os grandes" (Benfica e Porto) e "os outros". É tempo de os outros forçarem de uma vez por todas a negociação colectiva dos direitos televisivos e a consequente redistribuição em função das audiências, da classificação desportiva e de um factor de solidariedade entre clubes.

Hino ao Fair-Play no Dérbi do Minho



O Sporting Clube de Braga e o Gil Vicente Futebol Clube protagonizaram momentos de autêntico fair-play durante a partida de ontem que opôs os clubes das cidades vizinhas de Braga e Barcelos. Apesar da rivalidade que existe entre os 2 clubes, os adeptos concentraram-se no apoio às duas equipas e participaram de forma exemplar no espectáculo. O Minho mostrou assim ao resto do país que a rivalidade pode viver-se de uma forma saudável e condicente com o espírito competitivo e pacífico do futebol. Estão todos de parabéns!

18 de fevereiro de 2012

Gil Vicente 0 - Braga 3: Guerreiros Vencem com Lima no Topo

Braga vs Setúbal

O Sporting de Braga foi a Barcelos derrotar o melhor Gil Vicente da época, numa partida que fica marcada pela exibição brilhante de Lima que rubricou um hat-trick que lhe permite ascender ao topo da lista de melhores marcadores do campeonato a par de Cardozo, do Benfica. Com este resultado, o Braga volta a igualar à condição o Futebol Clube do Porto na segunda posição, mantém a vantagem de 8 pontos sobre o 4º classificado, Marítimo, e pode ampliar a distância para o 5º que só joga amanhã diante do Paços de Ferreira.

Num estádio bem composto, com uma moldura maioritariamente bracarense, a história do jogo resume-se em três penadas. O Braga entrou melhor e aos 25 minutos chegou à merecida vantagem com Lima (quem havia de ser?) a corresponder da melhor forma a um cruzamento de Alan (quem havia de ser?). A seguir ao golo, o Gil Vicenet tentou equilibrar a partida mas a defensiva bracarense acabou por corresponder da melhor forma. Na segunda parte, o Braga voltou a entrar melhor e logo aos 5 minutos, Hugo Viana (quem havia de ser?) remata forte para defesa incompleta de Murta que Lima aproveita da melhor maneira para facturar o segundo golo dos bracarenses. Aos 61 minutos, Cláudio é expulso e 7 minutos depois, aos 68, Lima volta a marcar um grande golo que garante a chegada ao topo da lista de melhores marcadores.

17 de fevereiro de 2012

Sportinguista Paulo Bento Ajuda Sporting

Não é de agora que jogadores como Hugo Viana ou Custódio rubricam exibições ao nível dos melhores portugueses da actualidade. Mas o certo é que nos momentos decisivos Paulo Bento nunca contou com eles.  Mas o sportinguista Paulo Bento sabe que o Braga está a disputar o 3º lugar com o Sporting de Lisboa e que, para essa luta, o jogo com o V. Guimarães tem importância vital. Só assim se compreende que, de um momento para o outro, o sportinguista Paulo Bento tenha descoberto que há 5 jogadores no Braga em condições de representar a selecção no jogo amigável contra a Polónia. Ainda não sabemos quantos jogadores o sportinguista Paulo Bento vai convocar mas se convocar jogadores para esta partida que depois não venham a figurar na convocatória para o Euro 2012 fica claro para todos quem são os senhores que o sportinguista Paulo Bento anda a servir.

14 de fevereiro de 2012

Braga 0 - Besiktas 2: E Tudo o Árbitro Levou

Tal como as imagens de Record demonstram, o capitão da equipa turca colocou o corpo à frente do n.º 10 dos Guerreiros do Minho quando este se preparava para entrar na área do Besiktas com a bola dominada. Mas não foi esse o entendimento do árbitro holandês, um juiz de campo de 37 anos que até vai falhar o Euro’2012 por ter marcado um penálti numa simulação e por ter deixado de marcar um penálti numa falta que interpretou como simulação... (Record)
O Braga perdeu em casa com o Besiktas de Istambul por 2-0 complicando o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa. O jogo fica marcado pela expulsão de Hélder Barbosa que, após contacto com o defesa dos turcos caiu no chão, acção que o árbitro considerou simulação.

13 de fevereiro de 2012

Pensamento do Dia



“Se nos vier a deixar, ele [Domingos Paciência] terá saudades deste clube [Braga]”, António Salvador em 05 de Maio de 2011....

Nuno André Coelho Regressa

No dia em que o seu antecessor foi despedido do comando técnico do Sporting de Lisboa, Leonardo Jardim, cada vez mais acarinhado pelos adeptos do Braga, anunciou a lista de convocados para o jogo de amanhã com o Besiktas, tendo reservado uma surpresa para os adeptos bracarenses: Nuno André Coelho, ausente durante 6 meses por lesão, está de regresso aos convocados. Os Guerreiros do Minho recebem o Besiktas de Istambul em jogo a contar para a Liga Europa. O clube turco é orientado por Carlos Carvalhal, um bracarense de coração que regressa ao Estádio Axa onde já treinou o Sporting Clube de Braga.

Lista de convocados
Guarda-redes
: Quim e Berni.
Defesas: Miguel Lopes, Douglão, Ewerton, Palmeira e Nuno André Coelho.
Médios: Custódio, Djamal, Hugo Viana, Rúben Amorim, Leandro Salino e Mossoró.
Avançados: Alan, Hélder Barbosa, Lima, Paulo César, Carlão e Nuno Gomes.

11 de fevereiro de 2012

Braga 3 - V. Setúbal 0: Sétima Vitória Consecutiva

Braga vs Setúbal

O Sporting de Braga recebeu e venceu o Vitória de Setúbal por um inequívoco resultado de 3-0, num jogo em que o guarda redes Quim defendeu uma grande penalidade marcada pelo regressado Meyong. Lima e Alan brilharam numa partida que fica marcado por mais uma excepcional exibição de Hugo Viana. Mas será que Paulo Bento não vê os jogos do Braga?

Vamos à história do jogo: a primeira parte foi dividida, muito por culpa do adormecimento da equipa do Braga. Contudo, um inspirado Quim acabou por afastar o perigo. Aos 31 minutos, Viana isolou Lima com um passe magistral e o brasileiro, cara a cara com Ricardo, acertou no poste. No último minuto da compensação, Lima voltou a estar em destaque ao isolar-se pela direita e rematar cruzado para o primeiro golo do Braga na partida.

Na segunda parte, o Braga entrou melhor e os guerreiros controlaram o jogo, chegando ao 2-0 aos 62 minutos depois por assistência de Lima para Alan. O golo teve sabor brasileiro, mas o português Hugo Viana também mereceu festejar já que foi o autor do passe excepcional que colocou Lima em posição privilegiada para marcar. Ao minuto 84 minutos foi Alan que marcou o canto que Lima aproveitou da melhor forma para bisar na partida. 3-0 era o resultado final tendo em conta que Meyong haveria de permitir a defesa de Quim na conversão de uma grande penalidade a castigar falta de Elderson.

O Braga igualou o Porto, que só joga domingo, na segunda posição do campeonato e aumentou para 8 pontos a distância patra o Sporting de Lisboa que amanhã defronta o Marítimo nos Barreiros.

9 de fevereiro de 2012

Protocolo com City na Próxima Semana

Segundo adianta o jornal O Jogo, o protocolo de cooperação com o Manchester City, primeiro classificado da Liga inglesa, será assinado na próxima semana. Aquele diário desportivo adianda ainda que o protocolo de cooperação com o clube inglês envolverá troca de jogadores.

O Escândalo Proença

Os sucessivos equívocos de Pedro Proença em favor do Sporting de Lisboa assumem contornos de escândalo depois do jogo de ontem na Madeira. Se já tinha sido Pedro Proença a dar o 3º lugar ao Sp. Lisboa na época passada, também foi o árbitro de Lisboa que acabou por colocar a equipa de Alvalade na Final do Jamor de pois de se enganar ao expulsar um jogador madeirense e marcar, logo de seguida, um penalti inexistente a favor dos leões. Ficamos todos a saber que quando a Liga quiser que o Sporting vença ou os seus adversários percam, Proença será o nomeado. Haja decoro, senhores!

6 de fevereiro de 2012

Juniores: Derby do Norte Abre Fase Final

1.ª jornada (18/02/2012)- FC Porto-Sp. Braga

2.ª jornada (21/01/2012)- Sp. Braga-V. Guimarães

3.ª jornada (25/02/2012)- U. Leiria-Sp. Braga

4.ª jornada (03/03/2012)- Sp. Braga-Sp. Lisboa

5.ª jornada (10/03/2012)- Sp. Braga-Nacional

6.ª jornada (17/03/2012)- Benfica-Sp. Braga

7.ª jornada (24/03/2012)- Sp. Braga-V. Setúbal

Bilhetes: Pior a Emenda Que o Soneto

Depois da contestação aos preços que têm sido definidos pela SAD para os associados, o Departamento de Marketing tentou minimizar os estragos avançando com uma promoção que, além de não resolver o problema essencial, acaba por ser completamente desenquadrada e altamente discriminatória. Percebe-se que esta promoção foi arranjada à última hora para calar a contestação mas nestas coisas é sempre melhor dar o braço a torcer e admitir o erro do que andar a inventar. É que, ao contrário do que os elementos do Departamento de Marketing possam pensar, o dia dos namorados não é o dia delas porque é precisamente o dia de todos.

Contestação aos Preços: Carta Aberta à SAD

A Direção da Associação Braguista, representando os seus associados, vem manifestar o seu desagrado pelos preços dos bilhetes para os próximos encontros do Sporting Clube de Braga nas competições em que o Clube se encontra envolvido, nomeadamente na Taça da Liga e na Liga Europa.
Num momento de grandes dificuldades financeiras num concelho flagelado pelo desemprego, é com surpresa e estupefação que constatamos os preços dos bilhetes que a SAD apresentou para os jogos que o Sporting Clube de Braga vai disputar naquelas duas competições distintas e tão importantes, que o que se pediria eram preços mais acessíveis para uma presença maciça dos seus associados. Mas isso não vai acontecer. Tememos e lamentamos.

Estando nós ainda de pedra e cal na Taça da Liga e com um jogo a disputar amanhã, sábado, em mês de Liga Europa e com uma deslocação que se pretende em grande número a Barcelos, era de esperar que a Direção da SAD do Sporting Clube de Braga tivesse em consideração este esforço suplementar que os seus associados vão fazer e tivessem colocado os preços dos bilhetes mais acessíveis e apelativos, como fizeram outros clubes. Infelizmente, deparamo-nos com preços quase proibitivos para que novamente as famílias de Braga e do Braga possam dizer “presente” no Estádio Axa.

Não obstante o péssimo horário do jogo da Liga Europa, em dia de semana, o que já por si afasta muitos associados que não podem deixar os seus empregos para se deslocarem ao Estádio, eis que, mais uma vez, a Direção penaliza especialmente os seus associados, que pagam mensalmente as suas quotas e que não se vêem em nada "beneficiados" pela política de preços adotada.

Solicitamos, assim, à Direção da SAD do Sporting Clube de Braga que reveja a sua política de preços, especialmente dos bilhetes para os associados, não afastando assim do Estádio quem tanto esforço faz para acompanhar o Sporting Clube de Braga, jogo a jogo, semana a semana.

A Direção da Associação Braguista

5 de fevereiro de 2012

Combater a Hegemonia


É assim que, a pouco e pouco, o Braga vai crescendo de forma sustentada para tentar quebrar o hegemonia dos três clubes chamados grandes. Braga é o único distrito do país onde é possível visitar localidades em que os três chamados grandes não são Reis. Estas crianças que o digam.

Vídeo roubado no blogue dornomenisco.

Braga 1 - Portimonense 0: Golão de Viana Resolve



Um golão marcado depois dos 90 e antes da linha do meio campo decidiu a partida da terceira jornada da Taça da Liga que opôs Braga e Portimonense no Estádio Axa. O jogo foi completamente dominado pelo Braga que, apesar da superioridade, teve muitas dificuldades para marcar, seja pelo desacerto dos seus atacantes seja pela falta de sorte (os bracarenses viram duas bolas embaterem na trave da baliza de Serginho, guarda redes dos algarvios).

Com este resultado, o Braga vence o grupo C com três vitórias e qualifica-se para a meia-final onde vai defrontar o Gil Vicente em Barcelos, equipa que derrotou o Sporting de Lisboa em Alvalade. A meia-final da competição está agendada para o dia 21 de Março, uma quarta-feira, no Estádio Cidade de Barcelos.

3 de fevereiro de 2012

A entrada de Rúben Amorim: uma visão alternativa

A chegada de Rúben Amorim provocou em alguns adeptos do Braga alguma celeuma, em parte devido a declarações publicadas no site oficial do Benfica. No site oficial do Benfica!?!? É para levar a sério!?!? Cada um é livre de dar a essas palavras o valor que entender. Para mim, valem zero. Não depreendo das suas palavras que vir para Braga é um castigo, ao contrário do que diz o Cardoso. Eu considero é que a exigência de renovar contrato com o Benfica e, com isso, impedir que Amorim decidisse o seu futuro como bem entendesse, isso sim é um castigo. As palavras ao site oficial do Benfica, com desculpas forçadas e loas ao clube, são o complemento do seu castigo, o preço que ele teve de pagar para poder sair de um sítio onde já não se sentia bem. Alguém de bom-senso acha que as palavras do Amorim foram genuínas (porquê só agora!?) e não o fruto de um acordo, na sequência do processo disciplinar que lhe foi instaurado!?!?

Outra questão que se levantou foi em relação a uma propalada conflitualidade do Rúben Amorim. O Rúben Amorim!?!? Mas a sua carreira começou ontem!?!? O Rúben tem 27 anos!!! Já estava no quarto ano de Benfica. Sempre pautou a sua conduta pela discrição, raramente se lhe ouviu uma palavra agressiva ou de descontentamento. O seu comportamento no balneário tem sido até motivo de elogios, quer de ex-colegas quer de ex-treinadores – e o Braga tem possibilidades de o comprovar porque tem ao seu serviço um jogador que foi seu capitão por várias épocas. Por causa de palavras mal interpretadas por Jorge Jesus, esse gurú da língua portuguesa, foi-lhe feita vida difícil no seu clube. Braga foi a saída que encontrou – e não acredito que não tivesse outras hipóteses tentadoras. Tenho a certeza de que, há algumas épocas, Amorim descartaria à partida a possibilidade de vir para Braga. Nesse sentido, fico contente porque a sua escolha é também sinal do nosso crescimento.

É que a qualidade de Amorim é indiscutível. Não é um jogador de encher o olho mas é um jogador com uma versatilidade e um sentido táctico que abre a possibilidades de diversas variantes tácticas ao seu treinador. Amorim é um médio de transição, um box-to-box mas é capaz de fazer com competência de lateral-direito, de número seis (o vulgar “trinco”) ou de médio direito, em diversos sistemas tácticos. Não sei se será titular de imediato porque a nossa equipa está bem e tem uma estrutura definida. Mas temos posições, sobretudo no meio-campo, para as quais não há grandes alternativas de qualidade. Amorim, como dizem os brasileiros, vem para somar. Não tenho qualquer dúvida de que será um jogador muito utilizado e que será muito útil. E será mais um seleccionável nos nossos quadros. Se calhar nenhum irá ao Europeu, mas temos nesta altura pelo menos cinco jogadores que, por mérito, têm possibilidades de serem convocados: Quim, Custódio, Viana, Nuno Gomes e... Rúben Amorim.

Esta contratação deixa também à evidência o pragmatismo de António Salvador. Ao contrário do que algumas vozes diziam, não teve pruridos em ir buscar jogadores com historial no Benfica (Nuno Gomes e, agora, Rúben Amorim) para reforçar o seu plantel e em fechar negócios com o clube da Luz, deixando a falar sozinhos aqueles que nos etiquetavam de Porto B (muitos adeptos do ex-clube de Amorim). Não sei que contrapartidas houve (ou haverá) e portanto não sei avaliar da bondade do negócio. Mas sei que Amorim foi uma oportunidade de enriquecer o nosso plantel (à custa de problemas internos do Benfica) numa altura em que estamos no meio dos três metralhas, na luta, como sempre foi o objectivo de Salvador. Este pragmatismo merece, a meu ver, elogios.

Em relação a António Salvador, não são estas questões relacionadas com a gestão desportiva que me preocupam. A única preocupação que tenho é em relação à forma como o clube se relaciona com sócios e adeptos. O que merecia repúdio veemente dos adeptos seria, por exemplo, a política de preços dos jogos no AXA para a Taça da Liga e para o próximo jogo da Liga Europa. Nada justifica o autismo e a falta de senso demonstrada.

2 de fevereiro de 2012

...de castigo no Braga?


A minha condição de braguista leva-me a encorajar o apoio quase incondicional a qualquer jogador que vista a camisola do SC de Braga. Nunca, em momento algum apelei a que um atleta nosso fosse mal recebido. Mas tenho o direito de ficar calado. Em relação a Ruben Amorim ficarei calado. Esta é a ultima vez que manifestarei publicamente a minha opinião sobre este jogador e sobre a sua aquisição, ainda que emprestado e pago (segundo se diz) pelo nosso rival de lisboa.
Esta minha atitude tem a ver com três “pormenores” fundamentais:
1- Nas declarações que fez, já citadas neste blogue, RA manifesta apoio ao clube de lisboa, desejando que este ganhe todas as provas, ou seja, que o Braga as perca.
2- RA é um médio centro. Temos dois (Djamal e Custódio) bem melhores que ele. Não faz falta no plantel.
3- É um jogador conflituoso e por isso foi castigado pelo clube de lisboa. Quando um aluno se comporta mal fica “de castigo”. Quando um cidadão se comporta mal, vai para a cadeia. Quando um jogador do benfica se comporta mal vem para o SC de Braga?

Política de Preços

O descontentamento de alguns adeptos relativamente aos preços dos bilhetes que têm sido praticados pela Braga, SAD é perfeitamente compreensível. Cobrar bilhetes de 10€ para sócios no jogo com o Portimonense e de 15€ no jogo com o Besiktas (às 17.15 de um dia de trabalho) é um erro estratégico - o Braga joga melhor quando Estádio enche e o Estádio enche se os preços praticados tiverem estabilidade e estiverem mais adequados à realidade social da cidade e da região. Uma matéria a rever pela SAD.

Tolerância Zero Para a Violência

Foram hoje publicadas algumas acusações de dirigentes do Guimarães relativamente ao comportamento de alguns adeptos do Sporting de Braga no final do jogo do passado sábado entre as equipas de juniores dos dois clubes.

Mesmo tendo conhecimento de que os factos não decorreram da forma exacta como estão a ser descritos, é inegável que alguns adeptos do Braga protagonizaram cenas lamentáveis de violência a que não estamos habituados na nossa cidade e nos nossos estádios. Nem o facto de terem sido outros adeptos do Braga que acabaram por garantir segurança aos adeptos do Guimarães reduz a vergonha que sentimos quando estas cenas sucedem na nossa casa. Este tipo de comportamentos não pode, de maneira alguma, ser tolerado e deve merecer o mais vivo repúdio de todos, nomeadamente daqueles que têm responsabilidades no futebol.

O blogue Arsenal de Braga, representando o genuíno espírito bracarense dos seus autores, tem pautado a sua actuação por uma permanente defesa da erradiação de todo o tipo de violência do futebol, não se coibindo de criticar todos quantos exibem comportamentos anti-desportivos ou atitudes discriminatórias, independentemente das cores que vestem ou defendem. Mais do que isso, o blogue Arsenal de Braga tem promovido iniciativas que pretendem contribuir para a construção de relações mais saudáveis entre os adeptos de Braga e Guimarães.

É por tudo isto que saudamos a chegada de alguns colegas da blogofera vimaranense a este combate contra a violência. Mais do que isso, desafiamos a juntarem-se a nós num manifesto conjunto contra a violência para o próximo derby do Minho.

A ler: Selvagens e Impunes; Nota Negativa Para a Violência; Braga 3 - Guimarães 1: Guerreiros Vencem nas Bancadas; Braga - Guimarães: Manifesto Contra a Violência; Dar a Volta Por Cima; As Responsabilidades da Liga; O Deplorável Culto da Violência; Derby do Minho: Manifesto Anti-Violência.